Storytelling para email marketing

Toda a gente vê o email todos os dias.

De manhã, depois de levantar; pelo menos à hora e almoço (se não for antes também); e ao final do dia.

Todos os dias.

O email marketing não está morto: está bem longe disso!

A facilidade de ter o email no bolso (leia-se: no telemóvel) ainda traz mais evidência a isso mesmo.

Qual é a verdadeira dificuldade do email marketing atualmente?

A luta pela atenção.

É precisamente para isso que o storytelling para email marketing surge como a melhor forma e a maior vantagem para a escrita dos teus emails daqui para a frente.

Os básicos de Storytelling

passo a passo do storytelling

Toda a gente gosta de histórias: de as ouvir e de as contar.

Desde pequenos que crescemos a aprender com histórias, sejam elas fictícias (como a Branca de Neve ou o Homem-Aranha) ou reais (de quando os nossos pais nos explicavam porque não devemos ter determinado comportamento.

Histórias são excelentes para aprender porque nos apresentam os factos em sequência.

E sequência é a melhor forma de aprendermos, porque é uma espécie de passo a passo.

No storytelling, existem estruturas que podes usar ou adaptar para escrever os teus conteúdos, mas a mais básica de todas é esta:

A história precisa de um contexto (mundo comum), de um conflito (desafio) e de uma vitória (solução para o desafio).

Esta é a mais simples de todas, mas recomendamos que, sempre que possível, utilizes a Jornada do Herói Simplificada.

O email, texto, podcast ou vídeo que mais prende vai ter sempre um contexto, um conflito, e uma vitória.

(Aliás, até fica o desafio: da próxima vez que leres um email, vires uma série, ou leres um livro, repara se não estão presentes estes 3 elementos)

Storytelling para email marketing

Com a estrutura mais básica de storytelling, escrever emails que chamem a atenção torna-se mais simples.

O teu conteúdo vai passar a destacar-se das outras dezenas de emails menos importantes, e a cada emails que envias vais estar a cimentar a conexão e relacionamento que crias com as pessoas.

Nem todos os emails são para vender e tens de entender isto desde logo.

A maioria deles vai dar-te autoridade e rapport para que quando a venda aconteça, seja mais fácil de levar as pessoas à ação.

O que traz uma importância ainda maior ao storytelling e às histórias que contamos.

1º Obstáculo

obstaculo do email marketing

Tal como quando vamos contar o nosso storytelling no email marketing, até na altura de escrever o email passamos por desafios.

O primeiro obstáculo por que vais passar vai ser o de levar a pessoa a abrir o teu email.

O conteúdo do email pode estar genial!

Mas, se a pessoa não o abre, não vai conhecer o genial que ali está.

Como é que podes ter mais hipóteses de levar a pessoa a abrir o teu email, então, usando storytelling para email marketing?

Conhecendo o comportamento humano.

As pessoas agem naturalmente quando:

  • Chamamos o nome delas;
  • Fazemos uma pergunta;
  • Aguçamos a curiosidade;
  • As desafiamos.

Se o teu assunto de email incluir qualquer um dos 4 elementos acima, já existe uma maior possibilidade de abertura.

Começar o assunto de um email com “Marisa…” faz com que a Marisa se sinta mais tentada a abrir. Porque é algo muito personalizado.

Se fazes uma pergunta, o subconsciente quer uma resposta. Logo, há mais possibilidade de abertura porque exite essa necessidade.

Com a curiosidade e o desafio vai acontecer o mesmo: o que é que realmente aconteceu? Que desafio é este e o que vou ganhar?

2º Obstáculo

novo obstaculo do email marketing

Depois da pessoa abrir o email, precisamos que ela o leia até ao fim.

Porque é no fim que contamos a vitória, é no fim que está a chamada para a ação, etc.

No entanto, os emails são lidos na diagonal ou não são lidos na totalidade.

Se tens dúvidas sobre isso, vê o teu comportamento. Dos 10-15 emails que leste hoje, quanta atenção deste a cada um deles?

Nesta fase, precisamos de uma narrativa que agarre a pessoa.

Que consiga complementar o que já escrevemos no assunto e levá-la na jornada do contexto – conflito – vitória.

Lembra-te: todas as boas histórias precisam daqueles 3 elementos!

No contexto, podes introduzir uma rotina da tua persona.

Exemplo: o contexto da pandemia da Covid-19, da falta de motivação para continuar a treinar porque não vê resultados na balança, a falta de vontade de continuar a fazer publicidade online porque não funcionou das outras vezes, etc.

Depois, põe a pessoa de frente com o problema.

Se o problema é falta de motivação para treinar porque a balança não mexe, que tal questionar a pessoa sobre hábitos alimentares? Ou falar de uma história sobre rotinas?

Para, depois, introduzires a vitória ou o plano para a vitória.

Exemplo: o plano para a tua vitória é continuar a manter a rotina OU a tua vitória vai ser consequência de manter essa rotina de exercício.

3º Obstáculo

chamar para a ação

A história está lá, agarra a pessoa, e é boa.

Mas o melhor storytelling para email marketing não é nada sem ação.

Aqui, vais chamar a pessoa para uma ação. Mesmo que não tenhas nada para vender.

Porque chamar a pessoa continuamente para uma ação, por mais pequena que seja, vai dar-lhe a ela (e a ti) pequenas vitórias.

Este CTA (chamada para a ação) pode ser algo simples como responder ao email, partilhar um story no Instagram, ou fazer mesmo uma ação (correr mais 2 minutos que o habitual).

Cumprindo o CTA, a pessoa sente uma pequena vitória e tu sentes também um maior relacionamento e conexão com a audiência, ao mesmo tempo que começas a perceber melhor aquilo de que ela precisa e ao que responde mais.

Chamada para a ação é fundamental em qualquer email e não só em email de venda.

Conclusão

Storytelling para email marketing funciona? Sem sombra de dúvida!

Aplicando conceitos muito básicos, tu podes escrever bom email marketing que dá resultado.

O que não podes fazer é ser inconsistente: na tua mensagem e na frequência de emails.

Os nossos amigos da escola ficaram amigos porque partilhamos os mesmos valores (falamos a mesma mensagem) e porque tínhamos contacto frequente (íamos à escola 5 dias por semana).

Faz o mesmo com a tua lista de emails e sê feliz com os teus resultados de email marketing 🙂

Live #26 – 5 Exemplos de storytelling em email marketing

Podes rever a live e ver exemplos práticos de bons emails com storytelling muito simples.


Queres receber as nossas newsletters semanais? Preenche o formulário abaixo. Podes cancelar a qualquer momento.

.

Deixe um comentário