5 Passos para Criar um Negócio Online

Está na hora de criar ou transformar a tua ideia num negócio online!

Se és empreendedor ou freelancer e pretendes construir a tua carreira no mundo digital, acredita que criar um negócio online nunca foi tão fácil como agora.

Fácil de criar significa, também, que a concorrência é maior. Não podemos deixar de o referir.

Ainda assim, o futuro – aliás, o presente – é online e, por isso, partilhamos contigo 5 passos para criar um negócio online.

5 Passos para Criar um Negócio Online

Para começares a criar um negócio online não precisas ter conhecimentos em todas as áreas do marketing digital.

Existem diversas ferramentas e serviços que te podem ajudar nessa área.

No entanto, para dar os primeiros passos no teu negócio online vai ser necessário definir uma estratégia.

1. Estruture as ideias do teu negócio online

“Sem um plano, o que é fácil torna-se difícil; com um plano, o difícil torna-se fácil.”

Pensamento rabínico

Qualquer tipo de negócio ou ideia tem de ser planeado para ter sucesso.

Organizar e estruturar as bases do teu negócio online numa fase inicial é fundamental para que este consiga evoluir de forma consistente rumo ao sucesso.

Um dos motivos pelo qual um empreendedor falha nos seus projetos é exatamente por não ter as suas ideias organizadas de forma clara.

Entende que não precisas de complicar!

Basta pegar num papel e escrever a tua ideia, enumerar quais são os teus objetivos a médio a longo prazo e como tencionas alcançá-los.

Responder a estes pontos vai ajudar-te a criar um negócio online e a definir o seu propósito.

2. Cria o teu Produto e Define o teu Nicho

Definir um nicho de mercado vai ajudar a direcionar os teus esforços para um leque de pessoas com mais probabilidade em gerar bons resultados. 

Para encontrar o teu nicho e público-alvo, deves pensar nos serviços ou produtos que ofereces e em quem precisa deles.

Por exemplo: o teu produto são bicicletas. Quem precisa dele?

  • Ciclistas profissionais;
  • Ciclistas amadores;
  • Pessoas que procuram emagrecer;
  • Pessoas que procuram robustez física.

Então o teu nicho é a venda de bicicletas para pessoas que gostem ou procurem fazer exercício físico.

A próxima pergunta é: como é que o teu produto se diferencia?

Faz uma pesquisa por produtos similares e compreende o que vai diferenciar o teu negócio dos outros.

Provavelmente, muitos outros negócios de venda de bicicletas não o fazem online e com tanta personalização de serviço e produto como tu.

Então o teu ponto de diferenciação pode começar por aí.

3. Define o teu Público-alvo

Tal como definir um nicho de mercado, conhecer o teu público-alvo vai permitir gerar ainda melhores resultados. 

Um erro muito comum num empreendedor ou freelancer quando inicia cria um negócio online é “disparar” a comunicação para vários mercados, não segmentando o grupo de pessoas com necessidades e interesses que estejam de acordo com o que pretende vender. 

O teu público-alvo é definido por outras características, como:

  • Género
  • Idade
  • Estilo de vida
  • Hábitos de consumo
  • Comportamentos. 

Nota que público-alvo é diferente de Persona.

Uma Persona é a personificação de um cliente ideal. Tem nome, idade, estado civil, etc.

Podes ler o nosso artigo onde explicamos Como definir a persona de forma simples em 7 passos.

Já o público-alvo pode ter várias Personas diferentes. E não há problema nenhum com isso.

Se estás a começar, recomendamos que comeces apenas com uma Persona e vás desenvolvendo o negócio a partir daí.

Por exemplo, se queres direcionar a tua comunicação a ciclistas amadoras, constrói a Persona de um ciclista amador e comunica para pessoas similares a essa persona.

Mas nunca para toda a gente – ou vais acabar a não falar para ninguém.

4. Começa a Criar a tua Presença Online

criar um negocio online
Imagem de Iris Wang retirada do Unsplash

Chegou o momento de passar da fase de “vou criar um negócio online” para realmente pôr tudo no digital!

Se pensas que deves estar em todas as redes sociais ou que deves ter obrigatoriamente um website deixa-nos só dizer que…

Esse é dos maiores erros que pode cometer!

Aqui, mais uma vez, definir o teu nicho de mercado e persona serão fundamentais para definir as plataformas online onde deves estar presente e ser ativo.

Não apenas isso, mas deves também ter em conta as plataformas online com que te sentes confortável em usar.

Por exemplo, não faz sentido usar o YouTube se não estás confortável com streams.

Fatores como a faixa etária e interesses irão ajudar a focar-te nas presenças online que valem a pena

Outro dos motivos que deve considerar é o teu tempo.

Temos a certeza de que precisas de dar prioridade a outros aspetos do teu negócio online.

A nossa recomendação é que sejas consistente e assíduo. Não importa se é só 1 rede social.

Se for só numa, então faz por estar totalmente presente, disponível e com conteúdo de valor nessa rede social.

Não adianta criar um perfil em várias redes sociais se depois não terás tempo para as dinamizar e atualizar devidamente!

Quanto à necessidade de um website, isso é algo que tem de ser determinado por ti.

Pode não ser necessário numa fase inicial. Criar um negócio online pode começar com um telemóvel e uma rede social.

No entanto, para que depois se torne um negócio online sustentável, recomendamos que ponderes comprar domínio e alojamento para pelo menos ter páginas de captura de emails.

5. Estabelece Relações com a Audiência

Com o teu negócio online já no digital, agora deves voltar ao ponto 2, onde definiste o teu nicho e público-alvo, e criar conteúdo de valor para ele consumir.

Aqui é importante que a tua audiência saiba exatamente:

  • Qual é tua a oferta (ou seja, o que vendes)
  • Qual é o problema (ou seja, o que é que o produto ou serviço resolve)
  • Qual é a promessa (ou seja, de que forma o teu produto ou serviço vai resolver o problema).

Deves criar conteúdo que fale diretamente para a tua persona: foca-te na identificação de um problema, acrescenta valor ao teu produto, partilha o processo de criação e mostra opiniões dos teus clientes sobre o teu produto.

Criar relações com a audiência não é só vender. Esses tempos já passaram.

Criar relação significa, para além de tudo o que sugerimos acima, falar com a tua audiência em comentários, fóruns, grupos, mensagens…

Em suma, estar disponível para ajudar ainda antes de passar para a parte em que dás o teu preço.

Só assim vais conseguir estabelecer confiança e autoridade.

Não tenhas medo de ajudar! Nem penses que ajudar possa trazer concorrentes.

Vê como estamos a fazer: somos um negócio online e estamos a dar-te 5 passos para criar o teu 🙂

Estes aspetos vão desenvolver um envolvimento da tua audiência com o teu negócio online e ajudá-las a comprar o teu produto ou serviço. 

Criar um Negócio Online é Fácil

Sem dúvida que sim!

O verdadeiro desafio é manter o negócio online de forma sustentável e sem desmoralizar.

Tem de ter vontade de aprender, perseverança para falhar, e atitude para nunca desistir.

Estes são apenas os 5 primeiros passos para criar um negócio online.

O resto parte de ti.

Mas, se precisares de ajuda, podes optar por contratar um assistente virtual e focar-te no que realmente importa: o sucesso do teu negócio online e da tua vida pessoal.

Deixe um comentário