fbpx

2 tipos de Mindset para Empreendedores (e só 1 ideal!)

A ideia de que as pessoas têm de “nascer” empreendedoras é um mito; o facto é que qualquer pessoa pode ser um empreendedor.

E neste artigo vamos explorar a mentalidade empreendedora de como ver o mundo como um conjunto de oportunidades – não de obstáculos – e formas de todos poderem acrescentar valor e elevar a condição humana.

A mentalidade empreendedora não reside numa determinada personalidade, idade, raça ou género.

A mentalidade empreendedora é algo que qualquer um de nós pode ter.

Basta que tenha o mindset para empreendedores correto.

O que é o Mindset?

Mindset é um conjunto de crenças que afeta a forma como pensamos, sentimos e nos comportamos. Crenças acerca das nossas capacidades.

Estas crenças afetam o comportamento das pessoas, o seu desempenho e definem se estas alcançam o seu melhor.

De acordo com a psicóloga Carol Dweck, o mindset pode ser divido em duas categorias:

  • Mindset fixo
  • Mindset de crescimento

A categoria de mindset para empreendedores em que cada um de nós se inserir vai definir a forma como encara o mundo e as oportunidades de negócio e todas as nossas crenças se vão manifestar, para o bem, ou para o mau.

Mas afinal, qual a diferença entre estes mindset para empreendedores?

Mindset fixo

No mindset fixo considera-se que a inteligência é estática, ou seja, nascemos com um determinado grau de inteligência e nada podemos fazer para o alterar.

Acreditamos que o talento é inato e que o sucesso depende da sorte.

Isto leva a que tenhamos o desejo de parecer espertos ou inteligentes, fazendo com que:

  • Evitemos desafios
  • Desistamos rapidamente perante obstáculos
  • Vejamos os esforços como algo infrutífero e inútil
  • Tenhamos tendência para ignorar feedback negativo, mesmo que construtivo
  • Nos sintamos ameaçados pelo sucesso dos outros.

Como resultado, temos pessoas que, não raramente, atingem o pico das suas carreiras muito rapidamente sem que, no entanto, tenham conseguido fazer uso do seu potencial pleno.

São vidas orientadas para os resultados.

Mindset de crescimento

No mindset de crescimento consideramos que a inteligência pode ser desenvolvida, assim como o talento.

O sucesso é construído através do esforço e as palavras “tentativa” e “erro” fazem parte do vocabulário.

Isto leva a que tenhamos o desejo de aprender, fazendo com que:

  • Abracemos desafios
  • Não desistamos perante obstáculos
  • Vejamos o esforço como parte do caminho para o sucesso
  • Aprendamos com as críticas
  • Encontremos lições e inspiração no sucesso dos outros.

Como resultado, atingem níveis de realização pessoal cada vez mais elevados.

São vidas orientadas para a aprendizagem e a diversão.

É possível mudar o Mindset para Empreendedores?

mindset de empreendedor
Foto de Danielle Macinnes no Unsplash

Esta é uma das questões mais colocadas quando falamos deste assunto.

A resposta é: sem dúvida que sim!!!

As pessoas com mindset fixo vão estar neste momento a coçar a cabeça e a dizer “É óbvio que não!!“.

Um bom ponto de partida para fazer a transição de mindset para empreendedores é observar os nossos pensamentos e reações perante um desafio.

Desistimos facilmente ou pensamos para nós próprios “Não consigo fazer isto.“?

E que tal substituirmos “Não consigo fazer isto” por “Eu consigo fazer isto… se aprender primeiro aquilo

Estar consciente dos nossos padrões de pensamento e trabalhar ativamente para que os mudar permite-nos pôr de lado o mindset fixo.

Tornar-se é melhor do que ser.

Carol Dweck, Mindset

Mindset para empreendedores – Em que consiste

Agora que já sabe qual o tipo de mindsets que existem, já sabe qual o mindset mais adequado para empreendedores e como fazer para mudar de um mindset fixo para um mindset de crescimento.

É um mito que apenas personalidades de tipo A se tornam empreendedores.

A mentalidade empreendedora (por outras palavras, o mindset de empreendedor) consiste, como referido, em ver o mundo como um conjunto de oportunidades – não de obstáculos.

Trata-se de ver os problemas a serem resolvidos, não apenas as barreiras que nos limitam.

Trata-se de ser impulsionado a criar valor para um vasto conjunto de interessados.

Eu tento especializar-me em cometer novos erros.

Esther Dyson, Presidente, Edventure Holdings

Ser empreendedor inclui duas dimensões – criatividade e inovação, e know-how empresarial e competências gerais de gestão.

Os empreendedores de sucesso aprendem a combinar criatividade e inovação, juntamente com competências gerais de gestão.

É realmente um mito que os empreendedores não podem ou não devem ser bons gestores.

Os melhores empreendedores combinaram criatividade, inovação e competências empresariais para criar projetos de elevado potencial.

As pessoas com uma mentalidade empreendedora aceitam que cometer erros é parte do processo.

Cometer erros pode ser um passo positivo na aplicação da mentalidade empreendedora à oportunidade, desde que aprendamos com estes erros e os utilizemos para melhor decidir o nosso próximo conjunto de ações.

Mas atenção, estar atento à oportunidade não significa estar atento a qualquer oportunidade. Significa sim, estar atento às oportunidades de criação de valor!

Reconhecimento da oportunidade para um empreendedor

oportunidades e mindset
Foto de Matt Noble no Unsplash

Pode estar a pensar: “Tenho muitas grandes ideias, mas qual é a melhor oportunidade?“.

Pensamos no reconhecimento de oportunidades como um processo; é uma habilidade que pode ser aprendida.

Será que algumas pessoas têm mais probabilidades de reconhecer oportunidades do que outras? Sim, claro!

Porque o reconhecimento de oportunidades está relacionado com o seu background, os seus conhecimentos, e as coisas que está motivado a perceber.

Há três formas diferentes de procurar oportunidades:

  • Procura passiva (uma descoberta por acaso)
  • Procura ativa (descoberta de uma lacuna após análise de um mercado)
  • Criação (a imaginação e o indivíduo podem criar uma oportunidade a partir de quase nada – muitas vezes acontecem em situações completamente inesperadas, como no duche!!)

Tudo começa com uma visão clara!

A visão é fundamental no mindset para empreendedores, mas o que é uma visão afinal?

Uma visão é uma imagem do futuro nos olhos da sua mente.

Os empreendedores têm uma visão para o futuro do seu negócio. E é importante porque é motivadora.

Porque é orientada para o valor. A visão pode ser a base da cultura, práticas e políticas do negócio.

Se tiveres uma visão pequenina, terás apenas uma empresa pequenina.

Anita Roddick, The Body Shop

Uma visão ajuda a criar maior envolvimento pois ajuda a compreender e a ver o futuro do negócio, e fornece uma direção para o crescimento.

E quanto maior a visão, mais potencial terá!

Os empreendedores têm o desafio único e algo contraditório de estarem concentrados, mas não míopes.

A sua visão periférica é importante porque o empreendedorismo é um processo iterativo.

É importante ter um bom mindset para empreendedores e que esses mesmos empreendedores sejam capazes de avaliar as ideias que não os vão levar a lado nenhum.

Embora muitas ideias possam ser propostas, um empresário deve ser capaz de eliminar as oportunidades que mostram pouca promessa (os shiny objects, de que falámos aqui).

A visão é diferente da estratégia ou de uma declaração de missão, porque tem uma componente de valor e é intencional para o futuro da organização.

Mas a visão é também mais do que um objetivo; pode ser comunicada, e se comunicada eficazmente, inspira ou motiva outros.

A diferença entre visão, missão, valores e estratégia ficará para outro artigo!

Para já o importante é perceber que, independentemente do tipo de mindset para empreendedores você tem, pode mudá-lo (caso esteja “preso” a um mindset fixo).

Atualmente, as coisas avançam incrivelmente depressa.

A competição é brutal.

O hoje pertence à mudança.

Se não a conseguir agarrar, não será dono do amanhã.

Dentro de todos nós está a capacidade de chegar mais longe, de agarrar oportunidades e de fazer as coisas acontecer.

Dentro de todos nós está um empreendedor que faz mais do que apenas inventar o novo e que revigora o agora.

O amanhã pertence ao empreendedor. Faça-o pertencer a SI.

Deixe um comentário