fbpx

5 Formas para te Manteres ativo enquanto trabalhas

Table Of Contents

O dia acaba e sentes o desconforto das dores nas costas.

Passaste demasiado tempo sentado, não foi?

Vais jantar, mas o apetite é pouco. Sentes alguma má disposição e decides, em vez disso, ir deitar-te um pouco.

Estes são apenas dois dos problemas mais comuns de quem trabalha todo o dia sentado.

Quando estás com um bom ritmo de trabalho, passas várias horas seguidas sentado, muitas vezes com postura incorreta, e saltas refeições.

Não te podes, no entanto, esquecer de que a prática de exercício físico e uma boa alimentação são essenciais para a saúde e bem-estar de todos nós.

Vidas sedentárias são sinónimo de doenças de todo o tipo e, felizmente, há cada vez mais pessoas a aderir à prática de exercício físico, seja em casa ou fora.

Ainda assim, a falta de tempo continua a ser a desculpa mais usada para justificar a falta de exercício físico.

Se assim é, estas formas para te manteres ativo enquanto trabalhas vão ser a solução – e deixas de ter desculpas.

Formas para te manteres ativo enquanto trabalhas

1. Não deixar tudo por perto

Regra geral, o escritório ou espaço de trabalho está organizado de forma a teres tudo perto de ti. É mais fácil, simplesmente.

Mas uma das melhores formas para te manteres ativo enquanto trabalhas é fazer o contrário: deixar algumas coisas fora de mão.

Pensa bem: se tens tudo perto, quando te vais levantar?

Já se algumas coisas estiverem longe o suficiente para que tenhas de te levantar, estás a ser minimamente ativo.

Levantar da cadeira não é o mesmo que caminhar 30 minutos por dia, mas tem de se começar por algum lado.

Olhando para a minha secretária enquanto escrevo, eis as coisas que posso deixar um pouco mais longe:

  • Impressora;
  • Telefone/telemóvel;
  • Dicionários (se os usar);
  • Pastas de arquivo;
  • Agrafador, furador;
  • Etc.

A atividade de cada um tem, naturalmente, outras inclusões (ou exclusões) para esta lista.

O importante é deixar apenas à mão aquilo de que realmente precisas para trabalhar e que normalmente inclui:

  • Computador (e rato, se usares);
  • Papel e caneta;
  • Agenda;
  • Garrafa de água pequena ou até um copo.

Mais uma vez, cada atividade pode precisar de mais ou menos objetos.

2. Beber muita água

Este conselho já nos segue a todos há anos.

Crescemos com ele e vivemos diariamente com ele também.

Beber água é também uma forma de te manteres ativo por duas grandes razões:

  • Hidratação. O nosso corpo é composto por 70% de água e o nosso cérebro 75%. São números relevantes e demonstrativos por si só. Mas se procuras mais razões, aconselhamos a leitura do artigo do website Tua Saúde;
  • Também te obriga a levantar. Se bebes mais água, o teu organismo vai funcionar melhor. Para além desta (já grande) vantagem, também te vai obrigar a ir mais vezes à casa de banho.

Sim, beber água todos os dias pode parecer aborrecido. Mas não tem de ser.

Podes beber água de formas diferentes e que ajudam a que não te canses.

Basta às vezes dar-lhe um pequeno “twist“:

  • Em vez de água simples, podes beber chá quente ou frio. Aconselhamos que vás variando de sabor e que apenas sirvas pequenas canecas ou copos;
  • Outra alternativa é água com sabores. Água com pepino tem um efeito refrescante e um sabor peculiar e bom;
  • Por último, águas com gás. Esta última não é recomendável que bebas todos os dias nem todas as semanas. A opinião sobre os benefícios e malefícios de beber água com gás ainda é controversa, mas todos os organismos são diferentes. E quem conhece melhor o teu és tu.

3. Snacks mais saudáveis – e longe da secretária

Snacks a meio da manhã ou da tarde são apetitosos, e ao final do dia podem acumular-se as migalhas na secretária.

Para além de não ser higiénico, comer à secretária não é saudável por vários motivos, incluindo o facto de não fazer pausas no trabalho.

Não fazer pausas no trabalho é contra-producente.

Pode parecer que estás a trabalhar mais, mas, na realidade, estás a esgotar o teu cérebro e a diminuir a tua capacidade crítica e de concentração.

Estabelece horários para pausas e aproveita para saborear os teus snacks longe da secretária, seja na sua sala de estar ou cozinha.

Se trabalhas num escritório, come na zona comum.

Outra dica importante: se ainda não o fazes, substitui pelo menos um dos teus snacks do dia por fruta.

E para aquelas alturas em que só apetece mastigar qualquer coisa rápida?

Podes comer duas ou três nozes para “matar o vício.” Mas nunca à secretária! 😉

4. Pausas ativas

Já introduzimos um pouco este tema, mas seria impensável não lhe dedicar um ponto completo: faz pausas no trabalho. Se possível, pausas ativas.

Fazer uma pausa ativa significa deixar momentaneamente o teu posto de trabalho e fazer algo que te obrigue a mexer ou a desligar do que tens a fazer: caminhada, corrida, Yoga, meditação…

Não há limites.

Há até quem aproveite para tomar banho nessas pausas, limpar a cozinha ou fazer uma arrumação à secretária.

As pausas ativas são uma excelente forma para te manteres ativo por promoverem movimento físico.

E também são excelentes para o nosso cérebro.

Lembras-te quando, enquanto caminhavas, te lembrou da solução para aquele problema no código de um website? Não foi à toa.

Por vezes, distanciarmo-nos é mesmo a solução.

O nosso cérebro não deixa de pensar no problema, mas fá-lo em segundo plano em vez de focar toda a energia nele.

O que faz maravilhas em alguns casos!

O nosso conselho é que as pausas ativas tenham uma duração de 15-30 minutos mediante a forma como organizas o eu dia.

Comça por coisas simples:

  • Alongamentos
  • Caminhada
  • Ler
  • Ver um vídeo no YouTube ou uma série de curta duração na Netflix.
  • Etc.

Mais uma vez, a decisão é tua.

5. Exercício físico num minuto

Estranho? Nós explicamos 🙂

Quando chamam por nós é comum respondermos com “um minuto” para indicar que já, já, vamos responder e prestar atenção.

Porque um minuto é muito pouco, certo?

Se dedicar 45 minutos ou 1 hora por dia à prática de exercício físico parece complicado, então torna o exercício em algo rápido.

Faz exercícios de 1 minuto.

Só tens de ligar um alarme no teu telemóvel ou no computador e, durante 1 minuto, fazes pelo menos um exercício com intensidade.

Recomendamos fazê-lo pelo menos 2 vezes por dia: uma durante a manhã (regra geral pelas 11h), outra a meio da tarde (às 16h).

Alguns exercícios que podes fazer em 1 minuto:

  • Agachamentos;
  • Jumping jacks (Polichinelos);
  • Abdominais;
  • Prancha;
  • Flexões;
  • Lunges;
  • Corrida estática.

Se estás a começar, faz 2 séries de 20 segundos, com 20 segundos de pausa entre cada uma.

Fica também aqui uma sugestão de vídeo com outros exercícios:

Lançamos-te um desafio: duplicar o número de repetições em 30 dias.

Escolha um exercício e, no primeiro dia, conta as repetições que fazes.

Ou seja, se escolheste abdominais, conta quantos abdominais fizeste num minuto (60 segundos). O objetivo é, em 30 dias, duplicar esse número.

Desafio aceite? 🙂

Conclusão

Há sempre formas para te manteres ativo enquanto trabalha.

Às vezes o que mais custa é ter alguma imaginação e cumprir aquilo a que nos propomos.

Se já começaste a ser mais produtivo no trabalho e a aproveitar melhor o teu tempo, introduzir pelo menos uma destas 5 dicas será facílimo e praticamente não ocupará tempo.

Se aceitas o nosso desafio, deixa um “eu” nos comentários.

Deixe um comentário